Sumos Solares

Incandescente, candente, brasa de não apagar.
Deste modo a recém nascida Sumos Solares,
Coleção mais moça Da Tribu Acessórios.
Ferve em inovação. Ousa plasticidade com in-sumos da flora amazônica.
O látex e o papel reciclado somados às sementes da floresta
resultaram amalgamados em geométricas formas amanhecidas.
Círculos, espirais, incisivos ângulos de cálidas colores, vibrantes tons veraneados.
Elegido como matéria prima da vez, o látex traz consigo o caldo espesso de muitas histórias.
Nativa árvore mulher, a seringa serviu a muitos fins. De sua machucada carne brotou o leite-alimento para o luxo e fome da bela época de desterrados soldados e barões transpatriados. Sustento também foi para a modernização da metrópole, a luta cotidiana dos sem eira nem beira e além-mar outras guerras. Hoje, o látex continua nutrindo os povos que vivem dos produtos florestais não madeireiros. Tomando tal resina como poderosa fonte estética, a Da Tribu lança vista à tecnologia social desenvolvida pela comunidade extrativista do Assentamento Paulo Fonteles, com a qual estabelece trabalho colaborativo há um ano.
Do papel reciclado a Da Tribu se apropriou da leveza, ressemantizou sua função e forma, adivinhou sons da mata. Fibra vegetal de sensuais volumes, entranhou volúpia e vibrantes cores.
Para fazer vir-a-ser Sumos Solares uma criativa cadeia de colaboradores transpirou a seiva ardente da versatilidade junto à Da Tribu, afirmando as cores, o cheiros, as gentes da floresta que guarda nosso ser-tão amazônico multicultural.

Dentro do Projeto do Sebrae – Setorial Indústria da Região Metropolitana e Marajó, a Da Tribu lançou nova coleção, dia 20 de setembro de 2013, no Shopping Boulevard:

Ficha Técnica:

Criação: Kátia Fagundes

Produção: Kátia Fagundes, Kauê Fagundes, Miriam da Silva, Comunidade Extrativista de Encauchados da Amazônia – Assentamento Paulo Fonteles

Argumento: Moahra Fagundes

Comunicação: Tainah Fagundes