“Da Tribu apresenta nova coleção com peças inovadoras e sustentáveis feitas com látex”

Coleção NORTEAR está no e trás produtos diferenciados feitos com o (TEA) – Tecido Emborrachado da Amazônia.

Nova Coleção Nortear – Foto João Urubu

Com a bússola que aponta sempre para a região Norte, a Da Tribu, marca paraense de slow fashion, apresentará na próxima quinta-feira (10), a partir das 10h via redes sociais, a sua nova coleção: NORTEAR, que reúne peças inovadoras e sustentáveis feitas com o Tecido Emborrachado da Amazônia (TEA) – desenvolvido em parceria com pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) sobre os usos do látex e incentivo através do Edital de Artesanato pela Lei Aldir Blanc Pará. A coleção, com tiragem limitada, terá uma bolsa que também se transforma em mochila e cachepôs – produtos diferenciados que somam-se ao portfólio das jóias orgânicas da marca.

Tainah Fagundes, diretora de criação, explica que a coleção é repleta de diálogos com o mundo e com o próximo, idealizada a partir das mudanças em toda sociedade provocadas pela pandemia do novo coronavírus. “Nos perguntamos o que as pessoas estavam buscando para si e percebemos fortemente uma reconexão com o espaço em que se vive, com a casa, por exemplo”, pontua, destacando a versatilidade das peças, assinadas por Reg Coimbra e Bruna Bastos, designers paraenses da Jambo Estudio.

A mochila, por exemplo, pode ser usada como bolsa em uma ocasião mais sofisticada; os cachepôs servem para abrigar vasos de plantas e também como cestos para objetos e frutas. “Nos interessou pensar nesses desdobramentos e por isso chamamos a Reg e a Bruna para conceber o design dos produtos, bem como as estampas”, revela Tainah. Outras parcerias também foram fundamentais: o coletivo Costuraê, projeto que reúne costureiras dos bairros do Guamá e Terra Firme, em Belém; e a comunidade Pedra Branca, na ilha de Cotijuba, que produziu o TEA, há mais de três anos parceira da Da Tribu.

Além disso, a Da Tribu foi em busca de reutilizar materiais, em um movimento pela sustentabilidade: as peças possuem ainda lonas de caminhão com mais de 10 anos de uso, representando pelo menos 1 milhão de quilômetros rodados. “A lona foi tingida e tratada, para ser amaciada. É um momento de ressignificar e parar de produzir excessos, apostar em produtos atemporais e com mais tempo de vida útil”, defende a criadora da marca Kátia Fagundes sobre o conceito da coleção, que permeia também toda a trajetória da marca, com o uso constante de materiais recicláveis, matéria-prima renovável e investimento na relação com comunidades na capital paraense. 

Antes do TEA, a Da Tribu desenvolveu peças com fios emborrachados, com o látex, em parceria com a mesma comunidade. Agora, a expectativa é que com o novo maquinário, a produção aumente e que traga mais retorno financeiro. “Vimos que a produção é bem maior, tivemos uma demanda bem grande e isso impacta no nosso mundo financeiro dentro da comunidade”, diz Corina Magno, produtora dos fios e tecidos da Comunidade Pedra Branca.

Etapa de formação com o cColetivo Costuraê

Design do TEA 

A Da Tribu já tem uma história de concepção de produtos veganos e sustentáveis e o design para a coleção Nortear surgiu do desejo conjunto entre a marca e o Jambo Estúdio. “Já havia uma admiração e interesses em comum há algum tempo. Da Tribu e Jambo são tocadas por mulheres amazônidas, empreendedoras, que pensam de forma parecida e que acreditam na potência das parcerias”, diz Reg Coimbra. 

Ela explica que foi realizada uma pesquisa do universo da marca e seus consumidores, tendências de mercado e da área de moda para a proposição dos novos produtos, com o Tecido Emborrachado da Amazônia (TEA) – que tem maquinário específico construído com recursos do edital emergencial da Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA). “Existia uma grande vontade em reutilizar tecidos e, a partir desta informação e de pesquisas, revisitamos a técnica do patchwork propondo trabalhar a estamparia com recortes, pois achamos que ficaria interessante o contraste de texturas de diferentes materiais”, ressalta a designer. 

Ficha Técnica 

Concepção Criativa: Da Tribu e Jambo Estudio

Coordenação Geral: Tainah Fagundes

Design de Produto: Jambo Estudio

Coordenação de Produção: Kátia Fagundes

Coordenação de Costura e Modelagem: Gisele Belém

Produção do TEA: Família Magno/ Comunidade extrativista de Pedra Branca

Costureiras: Eliana Muniz, Domingas Barral, Marilsa Pereira, Joanice Silva e Alzira Freitas / Projeto Costuraê

Modelos: Adelaide Oliveira, Mityzi Passos e Felipe Cortez

Styling: Vinny Araújo

Beleza: Isis Penafort 

Apoio: Vista Na Mata

Direção de Fotografia e Vídeo: João Urubu

Assessoria de Comunicação: Sorella Conteúdo

Confira
Lançamento da coleção NORTEAR – Da Tribu
10/12/2020, às 10h
Via Instagram @datribu 

E Facebook www.facebook.com/datribuacessorios 

Projeto selecionado através do Edital de Artesanato – Lei Aldir Blanc Pará